• Redação Obra Prima

Para agradar os sentidos

Dois escritórios, SOEK Arquitetura e VOA Arquitetura, unidos para o desafio de oxigenar o interior de um apartamento no bairro do Itaim, trazendo uma agradável luminosidade e fluidez aos espaços. Fotos: Rafael Renzo.




O apartamento, localizado na zona sul da cidade de São Paulo, foi projetado seguindo duas principais diretrizes; integrar os espaços de acordo com a vontade dos clientes e trazer claridade para dentro do projeto que originalmente possuía espaços com pouca incidência de luz natural.




A partir destas, o projeto, uma colaboração entre dois escritórios paulistanos (SOEK Arquitetura e VOA Arquitetura) se desenvolveu relocando o lavabo e integrando um dos quartos e a cozinha à sala. A continuidade dos ambientes se deu por meio do piso em madeira que entra também na cozinha, sendo interrompido apenas junto à bancada de trabalho onde foi feito uma ilha com o mesmo ladrilho hidráulico que reveste a parede da bancada.




Na sala e nos quartos, as paredes foram descascadas para exibir os elementos de tijolo e concreto da construção original do prédio, que revestem a fachada do edifício. Junto destas, foram colocados estantes, prateleiras e um aparador em serralheria que por sua leveza, ficam em segundo plano em relação aos materiais citados anteriormente.




A varanda do apartamento foi, a pedido do cliente, um local de atenção. A copa das arvores, no nível do apartamento garantem ao local um clima agradável que se tornou um dos, senão o principal local de estar do casal. Nela foi construído uma bancada em granito preto com uma chapa e uma pia. O piso, em mosaico português (revestimento típico das calçadas da cidade) foi feito para caracterizar a sensação de espaço externo.



Texto no corpo da matéria enviado pela equipe de arquitetos ao site ArchDaily

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo