• Redação Obra Prima

Interiores pós lockdown

Na Espanha, o escritório de Laura Ortín Arquitectura renova apartamento antigo, adaptando paredes onduladas para uso flexível.




O escritório de arquitetura espanhola Laura Ortín Arquitectura renovou um apartamento dos anos 1980 usando paredes onduladas para uso flexível e para ajudar na livre circulação de um espaço para outro. Chamado de MO House, o apartamento de 129 metros quadrados está localizado no coração de Múrcia, Espanha e é repleto de cores, luz e uma atmosfera vívida, que exala energia e adaptabilidade.


Os ambientes, abertos, grandes e arejados, não foram projetados para um uso específico, bem como seus móveis de design flexível. “O projeto foi concebido justamente quando nossos corpos e depois de alguns dias nossas mentes estavam confinados. Será que essa nova casa pode ter outro confinamento? Nós nos perguntamos”, questionou a arquiteta Laura Ortín. "Esta será talvez, de agora em diante, a nova questão a projetar. Porque se a arquitetura é boa porque é flexível, brilhante e saudável, ela suportará confinamento e qualquer situação futura. Porque será adaptativa, evolutiva e cuidadosa."






Os arquitectos quiseram desafiar o desenho tradicional do apartamento que “era extremamente compartimentado e organizado com espaços hierárquicos típicos de outra época, de outra forma de viver”, como acrescentam os arquitectos.


Para quebrar essa tipologia, a luz natural era um componente chave no design e, como eles notaram, as circulações forçavam movimentos não naturais e as diferentes salas eram para apenas uma atividade.




A equipa estava obcecada por três soluções: espaço exterior (mais terraço), flexibilidade de utilização (divisões intercambiáveis), espaços de autocuidado (teletrabalho, relaxamento) e qualidade ambiental (mais horas de luz natural, materiais saudáveis).


“Forçamos o conflito (entendido como algo positivo), provocamos o nosso próprio exotismo e arquitetura evocativa, recriando um conteúdo cuidadoso e delicado”, acrescentou a empresa.



No interior, todas as divisões são percorridas de forma orgânica e natural e as transições entre divisões são organizadas proporcionalmente. Eles criaram um ambiente saudável com materiais naturais, usando madeira de bambu, tintas de cal e lacas de giz.




Superfícies lisas de concreto com pigmento vermelho dominam o banheiro enquanto criam um forte contraste com portas de armário brancas. Os interiores refletem um equilíbrio e harmonia perfeitos entre texturas e móveis.






Fonte: World Architecture


Seções

Fatos do projeto

Nome do projeto: MO House

Arquitetos: Laura Ortín Arquitectura

Local: Murcia, Espanha

Tamanho: 129m2

Data: 2021

Todas as imagens © David Frutos

Todos os desenhos © Laura Ortín Arquitectura

> via Laura Ortín Arquitectura


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo