top of page
  • Foto do escritorRedação Obra Prima

Inspiração cenográfica

Neste projeto do arquiteto Yuri Miranda e Douglas Costa, da NIU Arquitetura e Construção, ambientes são marcados por materiais, iluminação e volumetria em perfeita sincronia.

Iluminação e materiais são intrinsecamente conectados: nenhum pode ser visível até que os dois se unam. Em algumas cenas essa realidade é bem ressaltada. Como nesta residência contemporânea com projeto, execução e interiores assinados por Yuri Miranda, do escritório Niu Arquitetura e Construção, onde a luz é usada para destacar materiais, como tijolo aparente, madeira ripada e régua de concreto, que por sua vez delimitam os espaços distribuídos em dois grandes volumes.


Fachada e garagem

A fachada exibe os dois grandes volumes em linhas perpendiculares que formam a casa. Um bloco revestido com tijolos aparentes até o teto – o mesmo que segue interior adentro e cobre todos os ambientes, instalados no térreo – e o outro, revestido de madeira ripada, que camufla a entrada e a garagem. “Usamos estrutura metálica, na garagem, pensando nos custos e na praticidade, bem como rebaixo de gesso”, conta Yuri. A iluminação é predominantemente de chão, realçando o jardim, que tem como destaque duas belas palmeiras e um caminho de pedras naturais sobre a grama, até a porta. No teto, apenas três feixes de LED que demarcam a área reservada aos carros.


Pátio central

Toda a circulação da casa leva ao pátio central, ponto de atração e de interação dos usuários, um plano que aproveita a ventilação e luz naturais, além de fazer a conexão com a área de lazer. É onde o bloco abre generosamente a cozinha gourmet e o living social para o belo jardim vertical, com irrigação automatizada, e a piscina emoldurada pelo verde das helicônias, encostadas ao muro de tijolinho.


Corredor de acesso à área íntima

“Uma mudança nos materiais e na iluminação pode alterar a sensação de um ambiente para o outro”, explica Douglas Costa. No corredor de acesso à área íntima, revestimentos e iluminação também dominam a cena. De um lado, as chamadas réguas de concreto aparente, tanto na parede como no teto, na outra lateral, um painel contínuo de MDF. A iluminação novamente vem do chão, gerando um efeito bem interessante. Uma abertura de vidro permite a visão do pátio central e da área da piscina, envolvida pelo verde das helicônias e do belo jardim vertical, ao fundo.


Cozinha Gourmet

A cozinha é moderna, mas não fria. Ao fundo, a parede de tijolos à vista aquece o ambiente, abrigando a churrasqueira embutida. Material orgânico, que contrapõe com a lâmina de pedra sintética do balcão e com o minimalismo de equipamentos e armários planejados modernos e inovadores.


Acabamentos

Os planejados foram protagonistas do design de interiores. A camuflagem de portas em móveis e paredes é um recurso no design de interiores que traz simetria, beleza e elegância ao projeto. E uma característica nas obras desta dupla de arquitetos, bastante utilizada aqui, nos quartos, banheiros, cozinha e lavabo. Foram escolhidos painéis em tons de madeira para aquecer o ambiente marcado pelo cinza, inclusive no teto em cimento queimado. Mesa de jantar, cadeiras e banquetas em tons naturais conversam com o verde das plantas, que predomina, tanto na área externa quanto interna.


37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page