• Redação Obra Prima

CASACOR São Paulo lança série de filmes sobre o processo criativo do seu elenco de arquitetos

Atualizado: 18 de out. de 2021

A série Mini-Histórias CASACOR é uma parceria com a Sipá Filmes e estreia com Leo Romano, criador do ambiente Ateliê Deca.



Se você é daquelas pessoas que, ao assistir um bom filme, show ou peça, corre atrás das informações para saber mais sobre making-of, opinião do diretor, artistas, cinegrafistas, efeitos..., então vai adorar esta novidade da maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo.


Mini-Histórias CASACOR 2021 apresenta10 episódios que serão lançados às quartas-feiras e sábados, durante os meses de outubro e novembro, nos canais do Youtube e IGTV. Todos os filmes revelam os bastidores dos projetos apresentados na mostra paulistana e um pouco do processo criativo dos arquitetos, designers e paisagistas, contado por cada um.



“A ideia foi reunir em um filme além das imagens do ambiente – ora em obras, ora pronto – os depoimentos breves dos profissionais do elenco que revelam detalhes sobre seus incríveis projetos” conta Salvador Cordaro, fundador da Sipá Filmes, produtora que realiza a série Mini-Histórias CASACOR.


Para a CASACOR, a série Mini-Histórias foi um jeito de revelar a mágica por trás da criação de cada ambiente da mostra, curiosidades sobre a montagem, inspirações, conceitos, além de apresentar os materiais utilizados na produção dos espaços.


No primeiro filme da série, a mini-história é do Ateliê Deca, por Leo Romano. “O espaço é concebido com um interesse muito forte nas sensações. Que tipo de percepção as pessoas podem ter aqui dentro? A arquitetura nesse caso é muito mais o fim do que o meio” afirma Leo Romano.


Ateliê Deca: uma imponente estrutura de quase 400 metros quadrados se apresenta como um portal para desacelerar. Na entrada, um amplo espelho é o primeiro elemento de encontro do visitante com ele mesmo.


A arquitetura com inspiração nórdica utiliza técnica construtiva de travamento de madeira Cambará e telhado translúcido, que resulta em uma plasticidade simples, convidativa e, ao mesmo tempo sustentável. Os materiais empregados na base da construção são 100% reutilizáveis.


O próximo episódio revela o trabalho de Fernando Brandão para a tinta oficial do evento, Coral. E na sequência a irreverência do Social House de Leo Shehtman.


Fonte: CASACOR








10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo