• Redação Obra Prima

Casa Açucena: uma flor branca entre as copas das árvores

Um lugar imerso em uma exuberante natureza de Mata Atlântica. Um terreno repleto de grandes árvores frondosas, folhagens, arbustos, pássaros e animais selvagens. Uma topografia desafiadora com um acentuado declive, característicos da região de Nova Lima, em Minas Gerais. Esse é o lugar onde está inserida a Casa Açucena, projetada pela Tetro Arquitetura. Fotos de Jomar Bragança.




O projeto é uma resposta à uma leitura sensível do lugar. Em um primeiro contato com esse terreno, já fica evidente a necessidade de se manter as características naturais. O ato de olhar para cima, desde o solo até a copa das arvores, elevadas até quinze metros acima do nível do terreno, foi decisivo para a criação do conceito. Como construir em um lugar com uma topográfica tão acentuada, mantendo a natureza original? Como dar aos moradores a experiência diária de olhar para cima e ver o céu através das copas das árvores. Estas foram as questões que guiaram todas as decisões de projeto.





O entendimento inicial de que a arquitetura deveria se moldar ao terreno, e não o contrário, foi o ponto de partida. A casa eleva-se sobre o solo e a vida animal e vegetal se desenvolve sob a construção. O programa se molda ocupando os espaços vazios entre as árvores. Nenhuma árvore é retirada. A topografia não é modificada. Arte e Natureza em perfeita harmonia. A partir desse ponto, nenhuma escolha ou decisão de projeto se deu por gosto ou vontade do arquiteto. Tudo é uma resposta e tem a intenção de reforçar um conceito.





A casa, em sua cor branca, é uma surpresa para quem chega. Seus pilares negros, posicionados de forma aleatória, se confundem com os troncos. A casa parece flutuar. Sua planta fluida, resultado da ocupação do programa entre as árvores, e seus rasgos e dobras na laje, para se alcançar a vista das copas, geram a volumetria. A arquitetura está inserida de forma harmônica junto à vegetação natural, mas mantém sua presença. A surpresa e a novidade são valores inerentes à arte. A casa Açucena se apresenta como uma flor branca em meio à natureza.







Texto enviado pela equipe de arquitetos para a o site ArchDaily.





3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo