top of page
  • Foto do escritorRedação Obra Prima

A ponte suspensa do Piemonte

No Condomínio Residencial Villa Piemonte, em Franca, SP, uma obra desafiadora do escritório Cubo Arquitetura e Design, comandado por Daniel Dadalto e Mirella Campos, cria uma ponte suspensa de acesso à entrada, que se transforma em ponto de atração.

“O projeto se originou da condição de manter o declive bem acentuado original do terreno e construir a casa toda no platô da parte mais baixa. Tomada essa decisão, tivemos a ideia que trouxe um grande diferencial para o projeto: uma ponte suspensa em estrutura metálica, toda revestida em madeira, que seria o acesso principal da residência.

Essa ponte flutua por cima da piscina, tornando-se um elemento arquitetônico muito interessante para ambos os pavimentos.



Por se tratarem de moradores jovens e muito ligados à natureza, todo o acabamento da casa foi pensado para que tivesse uma linguagem contemporânea, porém orgânica: um porcelanato importado com ares de pedra reveste o piso da área comum, o forro é todo ripado em madeira natural, pilares de concreto aparente, muita área verde.



A escada central da casa é iluminada por grandes esquadrias de alumínio e vidro, permitindo que o jardim externo e o espelho d’água se integrem ao jardim interno: uma árvore plantada aos pés da escada cruzando os pavimentos.


Com poucas paredes e divisões, a parte social da casa é toda integrada e foi pensada para que o convívio dos moradores fosse valorizado. Cozinha, área gourmet, home-office, piscina e jardim formam um só grande espaço e conversam em seus acabamentos, formando uma unidade visual que traz conforto estético e amplitude.



No mobiliário, optamos por um design atemporal e orgânico. Tecidos e tapetes em fibras naturais, madeira e palha predominam. Um dos destaques do projeto são as poltronas do designer brasilerio José Zanine de Caldas, desenhadas em 1954.”


Confira mais imagens do projeto...



69 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page